Sobre o curso

O cânone oficial estabelecido ao longo da história da filosofia no ocidente convencionou valorizar e enaltecer apenas as reflexões produzidas por filósofos homens. As nossas mais difundidas e conhecidas obras de História da Filosofia e, também, a maioria dos cursos oferecidos nas Universidades (apesar do cenário já estar mudando) ainda repetem os mesmos vícios, iluminando unicamente as produções de filósofos e obscurecendo as filósofas. Isso passa a impressão de que não há mulheres inseridas nos debates filosóficos, o que é um equívoco. É evidente que, por uma série de circunstâncias históricas, políticas e sociais, o número de mulheres filósofas sempre foi menor, e é por isso que precisamos retomá-las, estudá-las e mostrar que elas sempre estiveram inseridas nos debates, esclarecendo pressupostos, construindo problemas fundamentais, produzindo argumentos potentes e conceitos sofisticados para lidar com os mais radicais problemas de suas épocas.

Este primeiro curso visa oferecer uma introdução ao debate filosófico a partir de uma conversação entre filósofas e filósofos em determinadas épocas, da antiguidade grega ao mundo contemporâneo.

O curso tem certificação de 10h.

conversações gravado 1.png

Conteúdo programático:

Aula 1 – Platão e Diotima de Mantineia: O amor, o desejo e a sabedoria.

Aula 2 – Agostinho de Hipona e Hildegarda de Bingen: Conversão, conhecimento e moral.

Aula 3 – René Descartes e Elisabeth da Bohemia: A ciência, a metafísica e a moral.

Aula 4 – Ludwig Wittgenstein e Elisabeth Anscombe: Linguagem filosofia moral e intenção.

O curso será ministrado pelo Prof. Me. Diego Azizi, graduado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Mestre em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com ênfase em história da filosofia moderna e ética e filosofia política. Pós-graduado (especialista) em Ciência Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP-SP). Doutorando em Filosofia pela UFPR (Universidade Federal do Paraná). Atuou durante cinco anos como docente dos cursos de graduação da Faculdade Mundial. Atuou como coordenador dos cursos de comunicação da Faculdade Mundial. Atuou também como professor de Filosofia e Sociologia no Ensino Médio. Foi professor colaborador dos cursos de graduação da UNICENTRO (Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná) e professor da Universidade Católica de Santos. Professor de pós-graduação da UNIFAI. Diretor e professor do Instituto Welt_Abaeté. Membro dos grupos de pesquisa "Estudos do Idealismo - GPEI (UNESP)", "História da Filosofia (UNICENTRO)" e "Ética, Política e Cidadania (UNICENTRO)".

Link para o lattes: http://lattes.cnpq.br/0411571979996806

 

Bibliografia:

AGOSTINHO DE HIPONA. A trindade. Tradução de Agustino Belmonte. Paulus, 1994.

______. Comentários ao Gênesis. Tradução de Frei Augusto Belmonte. Paulus, 2005.

______. Confissões. Tradução de maria Luiza Jardim Amarante. Paulus, 2002.

ANSCOMBE, G. E. M. “Modern Moral Philosophy,” in Philosophy 33 (1958), repr. in her Collected Philosophical Papers, vol. 3, Ethics, Religion and Politics (Minneapolis: University of Minnesota Press, 1981)

______. An Introduction to Wittgenstein’s Tractatus. Harper & Row Publishers, 1965.

______. Intention. Harvard University Press, 1963.

COSTA, M. COSTA, R. Mulheres intelectuais na Idade Média: Entre a medicina, a história, a poesia, a dramaturgia, a filosofia, a teologia e a mística. Editora Fi, 2019.

ELISABETH OF BOHEMIA. DESCARTES, R. The correspondence between princess Elisabeth of Bohemia and René Descartes. Edited and translated by Lisa Shapiro. University of Chicago Press, 2007.

HILDEGARD OF BINGEN. Book of Divine Works, ed. with intro. by Matthew Fox. Santa Fe, NM: Bear & Co., 1987.

______. Mystical Writings, eds. Fiona Bowie and Oliver Davies. New York: Crossroad, 1992

HILDEGARDA DE BINGEN. Scivias (Scito Vias Domini): Conhece os caminhos do Senhor. Tradução de Paulo Ferreira Valério. Paulus, 2015.

PACHECO, J. (Org.) Filósofas: a presença das mulheres na filosofia. Editora Fi, 2016.

PLATÃO. Banquete, Fédon, Sofista e Político. [Tradução José Cavalcante de Souza, Jorge Paleikat e João Cruz Costa] Coleção Os Pensadores. Nova Cultural, 1991.

WAITHE, M. (Ed.) A history of women philosophers. Volume I: Ancient women philosophers 600 B. C – 500 A. D. Kluwer Academic Publishers, 1987.

______. A history of women philosophers. Volume II: Medieval, Renaissance and Enlightenment women philosophers A..D. 500 – 1600. Kluwer Academic Publishers, 1989.

______. A history of women philosophers. Volume III: Modern women philosophers 1600 - 1900. Springer Science + Business Media Dordrecht, 1991.

______. A history of women philosophers. Volume III: Modern women philosophers 1600 - 1900. Springer Science + Business Media Dordrecht, 1991.

______. A history of women philosophers. Volume IV: Contemporary women philosophers 1900 – today. Springer Science + Business Media Dordrecht, 1995.

WARREN, K. (Ed.). An unconventional history of Western philosophy: conversations between men and women philosophers. Rowman & Littlefield, 2009.